Paciente é contaminado com vírus HIV em uma transfusão de sangue em Erechim, RS

Paciente recebeu sangue contaminado depois de uma cirurgia em Erechim.
Banco de sangue reconheceu que funcionária confundiu bolsas.

O Ministério Público (MP) pediu a interdição do banco de sangue da cidade de Erechim, no Norte do Rio Grande do Sul após uma pessoa ter sido contaminada com o vírus HIV depois de uma transfusão de sangue.
De acordo com a investigação conduzida pelo MP, a contaminação aconteceu no mês passado, quando uma pessoa foi internada para realização de uma cirurgia no Hospital de Santa Terezinha. Lá, ela teria recebido o sangue contaminado.