Letreiro de Hollywood

O letreito de Hollywood (em inglês: Hollywood Sign) é um ponto turístico localizado no Mount Lee em Hollywood. O marco foi criado em 1921 como peça publicitária da Câmara do Comércio. Virado para o sul, ele se estende sobre uma cordilheira de quase 570 metros que separa Hollywood e boa parte de Los Angeles do Vale de San Fernando, ao norte. Em 2002, o terreno de 55 hectares localizado no Cahuenga Peak foi posto no mercado pelos administradores da herança de Howard Hughes, dono do local desde a década de 1940.

História

Construído na década de 1920 por H. J. Whitley o sinal divulgava “HOLLYWOODLAND” originalmente, como uma propaganda para divulgar um novo loteamento residencial perto do distrito de Hollywood em Los Angeles. Cada uma das letras do sinal original tinha 9,1 m de largura e 14 m de altura, com cerca de 4 mil lâmpadas espalhadas entre elas. O sinal foi oficialmente erguido em julho de 1923 e não era para ser permanente. Nos anos subsequentes com a ascensão do cinema americano, principalmente em Los Angeles, o letreiro acabou ficando mundialmente famoso por aparecer em diversos filmes, fazendo com que a prefeitura optasse por deixa-lo por lá. Em setembro de 1932 a atriz Peg Entwistle saltou do H do letreiro e morreu. As letras “(LAND)” foram removidas em 1949, mas antes, em 1939, o letreiro ficou abandonado e se deteriorou, não sendo destruído por um triz. Ele foi projetado originalmente para ficar em pé somente por 18 meses e não passou por nenhuma reforma por décadas, entrando num estado de total decadência. Na década de 1970, o letreiro estava quase completamente destruído e as letras deterioradas formavam a palavra “HuLLYWO D”. Em 1978, várias pessoas influentes quiseram ajudar, cada um doando 27.777 dólares para a compra de cada letra, totalizando 250,000 dólares. As novas letras possuem 14 m de altura e variam entre 9,4 m e 12 m de largura.

Doadores

Aqui está a lista de doadores que contribuíram para a reforma do letreiro:
H – Terrence Donnelly, editor do Hollywood Independent Newspaper
O – Giovanni Mazza, produtor italiano de filmes
L – Les Kelley, criador da empresa Kelley Blue Book
L – Gene Autry, cantor, ator e empresário
Y – Hugh Hefner, fundador da revista Playboy
W – Andy Williams, cantor
O – Warner Bros. Records
O – Alice Cooper, cantor que doou em memória de Groucho Marx
D – Dennis Litke, doou em nome de Mathew Williams

Localização

O letreiro está no lado sul do Monte Lee , no Parque Griffith ao norte da Mulholland Highway. Localizado em terreno áspero e íngreme, é cercado por barreiras para impedir os acessos não autorizados. Em 2000, o Los Angeles Police Department instalou um sistema de segurança com detecção de movimento e câmeras de circuito fechado. Qualquer movimento nas áreas marcadas do restrito é disparado um alarme que avisa a polícia.