15 Coisas Ilegais na internet que muita gente faz e não sabia

6 – Perfil Fake


Perfis fakes violam diversas leis. No Brasil, tecnicamente, você poderia ser enquadrado por falsidade ideológica. Fakes também violam os termos de uso do Google, do Facebook e da gigantesca maioria das redes sociais. O uso de uma foto de terceiro, sem autorização, ainda viola o direito à imagem, previsto pelo Código Civil. A Constituição ainda prevê o direito à honra e à vida privada e assegura indenização no caso de dano material ou moral. Apesar de raros, existem alguns casos de condenação, geralmente por perfis que chamaram muita atenção da mídia ou tinham claro intuito de denegrir a imagem de outra pessoa.

7 – Registrar domínios com nome de Marcas


Alguns nomes, como “McDonald’s” ou “Google” são protegidos por leis de uso de marca específicos e podem solicitar um domínio (ex: marca.com) para eles, mesmo que você tenha registrado primeiro. Não só as grandes, mas pequenas e médias empresas costumam ser protegidas por leis similares. Tais leis, no entanto, costumam valer quando a empresa já detinha o nome da marca antes do registro do domínio, já que você poderia alegar que a compra do nome ocorreu antes dele existir como marca de fato.

8 – Criar uma conta no Facebook antes dos 13 anos


De acordo com os termos de uso da rede social de Mark Zuckerberg, apenas maiores de 13 anos podem se registrar. E quem se registra antes dos 18 é impedido de postar algo publicamente. Não que isso realmente funcione.

9 – Burlar bloqueadores de conteúdo


Sua cota para ler textos na Folha acabou e você usa de algum software para burlar os cookies do site? Alto lá, fora da lei. Isso é uma violação dos termos de uso e dependendo do ponto de vista, um roubo, pois você está vendo gratuitamente um conteúdo que deveria pagar para poder acessar.

Continue lendo


Escolha por qual forma você deseja comentar: